Renata Banhara Peixoto Marcondes, apresentadora, repórter, personalidade televisiva brasileira. Natural de Taubaté tradicional cidade do interior de São Paulo, berço da literatura infantil sagrada por Monteiro Lobato.
Nascida em 08 de maio de 1975, separada, mãe de dois filhos, Banhara chegou à capital paulistana em 1991, de origem simples, Renata já trabalhava em casas de família desde os 11 anos.
Aos dezesseis anos teve a oportunidade e o convite para ingressar num conceituado órgão de comunicação, o SBT Sistema Brasileiro de Televisão onde trabalhou por 8 anos, posteriormente sendo contratada pela Rede TV onde permaneceu por mais 6 anos.
Depois de enfrentar, em 2017, um grave problema de saúde causado por uma bactéria que deformou seu rosto e ficou alojada em seu cérebro, necessitando de várias cirurgias, nesse momento bastante difícil, Renata foi vítima de violência familiar em janeiro deste ano, amparada por seu primogênito, buscou amparo judicial onde indentificou e sofreu na pele a deficiência que há no atendimento dos órgãos competentes.
Hoje, abraçou a causa e luta com afinco para a conclusão dos desafios que a vida lhe propõe, além de estar determinada a representar São Paulo na Câmara para trabalhar em prol da adequação da Delegacia da Mulher, para que exista efetivamente um caminho de ajuda real para as mulheres vítimas de agressão física e psicológica.
Nos últimos meses tem feito imersões na realidade da necessidade da defesa da mulher, na situação das condições femininas na política nacional e aprofundado seus planos para iniciar a disputa por votos e conseguir efetivar um mandato que represente resultados relevantes para a sociedade brasileira.